OFF THE WALL - O Verdadeiro Lar dos Fãs de Michael Jackson!
Não esta conseguindo vizualizar todos os topico? Se cadastre, é bem rapido e venha fazer parte da FAMILIA OFF THE WALL!

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Michael para sempre!

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 2]

1 Michael para sempre! em Qui Fev 23, 2012 10:08 am







APRENDENDO COM O REI DO POP


MICHAEL JACKSON – THIS IS IT


O que eu vou dizer vai surpreender algumas pessoas. Heck,
vou ser honesto. Surpreendeu-me, mas aqui vai: Vi recentemente o filme mais
espiritual que já vi em algum tempo em DVD, não foi apenas um dos filmes mais
espirituais que eu vi no ano passado, é um dos mais espirituais filmes que já
vi. Você está pronto para isso? Foi Michael Jackson, This Is It!


Agora, não me interpretem mal, eu nunca fui o que eu
chamaria um grande fã de Michael Jackson. Eu gostava dele, eu cresci com ele,
eu estava tão tomado como a maioria, mais com a bizarrice do Michael Jackson,
apenas como um estudante de psicologia, como um músico que tem sido abençoado
para trabalhar com algumas bandas fenomenais, eu compreendi porque ele era a
maneira que era. Este homem, desde o tempo de uma criança pequena, teve um
estilo de vida empurrado nele que muito poucas pessoas compreenderam. Até mesmo
o assim chamado Rei do Rock, Elvis Presley, teve um pouco de uma infância
normal. Michael Jackson, a partir de uma idade muito jovem, nunca conheceu a
realidade de uma infância que nós poderíamos relacionar, e o perigo para o
desenvolvimento de uma personalidade não é perdido em mim. Também é certo que a
atitude perfeccionista, condução de seu pai teve algum impacto sobre ele, não
só psicologicamente, mas na música e vida que ele viveu.


Muitos críticos de Michael Jackson desejam mergulhar em seu passado, nas acusações, das
quais ele foi absolvido. Eu simplesmente vou expor minha opinião aqui, essa
discussão não é o trabalho de um crítico, talvez o trabalho de alguém do
sistema judicial ou notícias de imprensa. Mas, enquanto todos podemos ter
opiniões, este filme não endereça essas questões, e eu pelo menos estou feliz
que não. Para ter feito o contrário teríamos que nos concentrar em várias
coisas, principalmente especulação. O que eu vou comentar é sobre o filme.


Em primeiro lugar, uma implicância minha, a revisão de um
DVD precisa ser feito no DVD. Vou ao teatro e permaneço até o final dos
créditos, porque devo as pessoas que lêem minhas revisões essa cortesia de
reverem todo o filme. Tento pesquisar o filme, e compartilhar minha opinião
aberta e honesta do filme. Em relação aos DVDs, percebo que as pessoas
trabalham duramente para conseguirem o dinheiro que têm para alugar ou comprar
um DVD.


Eu quero saber quando leio uma revisão, é o produto vale a
pena a compra? O que é diferente do que a versão teatral do filme (a não ser um
lançamento direto para DVD)? Eu vou admitir, como um amante do cinema, como um
amante do DVD, eu quero saber sobre coisas como ovos de páscoa e
características especiais. Por quê? Porque essa é uma das finalidades próprias
para muitos a comprar o DVD. Eu suspeito que a esmagadora maioria das pessoas
que compram DVDs está comprando um filme que já viram.


Agora quanto a este DVD especial, enquanto que sempre há uma
perda de vibração na transferência da Versão Tela Digital Grande para a versão
de tela pequena, eu acho que a transferência e a vibração aqui realizaram-se
tremendamente bem. Na verdade, se você não viu a versão digital no cinema, você
pode achar que o Blu-ray ou versão HDTV é ainda melhor do que a tela em que viu
ele. Fiquei extremamente impressionado com a qualidade do vídeo. A qualidade do
som também foi excepcional e tão bom como qualquer transferência de DVD de uma
performance ao vivo (embora com um desempenho ensaio) que eu já vi. A partir da
embalagem para a qualidade do produto, este DVD escorre com qualidade
excepcional.


DVD também apresenta algumas características especiais
maravilhosas, incluindo dois documentários, o making of, e muito mais. É uma
alegria ver um lançamento em DVD que proporcione isso, e para os fãs do filme
as características especiais só por si, fazem esta compra valer a pena. Gostei
especialmente das memórias da característica de Michael, que mostra o impacto
que teve sobre os outros. Enquanto um pode não ter os sentimentos para Michael,
essas pessoas fazem, não há dúvida, ele teve um impacto duradouro sobre aqueles
com quem entrou em contato.


Para aqueles que estiveram em coma para os últimos meses,
This Is It é um filme que foi montado muito rapidamente após a morte de Michael
Jackson. Jackson sempre filmou suas sessões de ensaio para rever mais tarde, e
enquanto eu tinha seriamente o ceticismo quanto se isto poderia ser feito de
forma profissional ou se foi apenas um esquema para ganhar dinheiro, fiquei
agradavelmente surpreendido. Este é um filme de qualidade que conta uma
história convincente. This Is It é mais do que apenas a prática de um ensaio de
sua turnê de shows que era para ser, é uma exploração do impacto que teve sobre
a vida de outros, enquanto ao mesmo tempo comovente sua movimentação pessoal
para a perfeição.


Também explora o que vai fazer em qualidade e desempenho em
um concerto ao vivo, desde a iluminação ao som, aos ensaios, para trabalhar com
a banda e além, incluindo o que teria sido uma versão 3-D incrível ao vivo do
sucesso vídeo "Thriller". Infelizmente, não vamos ver essa turnê, que
poderia ter sido uma das melhores performances ao vivo sempre dadas. Desde o
preparo para a produção, tenho visto que nada chega nem perto, nem mesmo o U2,
uma banda que eu amo muito e aprecio, ou Pink, que tem um fabuloso show ao
vivo.


Alguns podem perguntar por que este filme foi tão espiritual
para mim. É muito simples: em um mundo cheio de mediocridade, especialmente
dentro da subcultura cristã, eu fui abençoado (raramente uso essa palavra) para
ver um exemplo de alguém que tomou sua vida, seus dons tão seriamente. De ver
essa pessoa, então querer compartilhar aqueles dons com os outros ao seu redor
foi uma inspiração de muito propósito de que as dádivas são para: não serem
matidas em nós mesmos, mas para serem compartilhadas com os outros. Nós recebemos
os dons e talentos, e, em seguida, é nossa responsabilidade compartilhar essas
coisas. Duvido que alguns artistas ou celebridades públicas fiçam isso, assim
tão bem como Michael Jackson.





Vemos exemplos onde o gerente de palco de Jackson daria
sugestões, mas é muito clara, a única pessoa responsável por performances de
Michael Jackson, sua música, sua dança, e mais produção, era Michael Jackson.
Ninguém controlava o homem, mas o homem encontrou uma maneira incrível de expor
suas opiniões, ouvir os outros, e dar correção aos outros com amor, de modo
não-ameaçador. Que grande exemplo até mesmo para alguém como eu, que funciona
como um pastor.


Eu posso dar elogios após elogios para This Is It, e antes
do filme, enquanto eu gostava da música de Michael Jackson, eu não era
realmente o que eu chamaria de um fã. Sou agora, no entanto. É triste agora,
porque não temos mais Michael conosco fora das filmagens e da música. Embora
isso seja alguma coisa, eu vejo coisas como esta e meu coração quebra que
muitos na sociedade não entenderam ou não deram uma chance para este real,
vivo, ser humano que teve problemas, e em vez de tentar compreender essas
questões éramos tão rápido para atirar pedras.





Poucos de nós nunca mergulharemos em perfeição, em
qualidade, a fim de compartilhar com outras pessoas no modo, como Michael
Jackson fez. Podemos considerar uma variedade de caminhos, mas para mim, espero
que eu possa recordar este filme quando eu pensar em tomar atalhos. Quando eu
pensar em jogar fora uma revisão em vez de tomar cuidadosamente os meus
leitores a sério, pode Deus me perdoar. Quando eu pensar em fazer algo
incompleto, como dar crédito a mim mesmo em vez de respeitar os que me rodeiam
e lhes dar o meu melhor, pode Deus me perdoar.


O que eu penso sobre Michael Jackson hoje? É realmente muito
simples. Agradeço a Deus por me dar um lembrete. Não importa o quão imperfeito
Michael Jackson era, agradeço a Deus por me mostrar, através dele, o que
significa tomar o meu ofício, e os corações daqueles que o ofício é criado
para, mais seriedade. Que todos possamos aprender lições por isso.


Em uma escala de 1 a 10, para o número de letras no
brilhantismo da palavra, dou muito merecido e abençoado 10.

(texto do Pastor Mike Furches)


Para ver esta revisão em sua forma original completo com vídeo clique aqui:

http://mikefurchesreviews.blogspot.com/2010/02/michael-jacksons-this-is-it.html
http://live.hollywoodjesus.com/?p=5056

Fonte:http://michael-iloveyoumore.blogspot.com



Última edição por Maricembra em Sex Fev 24, 2012 4:35 pm, editado 3 vez(es) (Razão : Alterado para acrescentar a Fonte ao Texto)

Ver perfil do usuário

2 Re: Michael para sempre! em Qui Fev 23, 2012 10:29 am

Passa a fonte para Mim por MP que eu adiciono para vc no seu post... é importante fonte, bjsss!!


_________________
Ver perfil do usuário http://offthewall.forumeiros.com

3 Re: Michael para sempre! em Qui Fev 23, 2012 2:15 pm

Haaaaaaa lindo!!!! Razz

Ver perfil do usuário http://odiariodeumafamj.blogspot.com

4 Re: Michael para sempre! em Qui Fev 23, 2012 2:47 pm



Este Depoimento mostra o quanto uma infinidade de pessoas julgaram e condenaram Michael sem lhe dar uma chance para defesa.O Bom desta história é que sempre há tempo para revisar nossos atos,pena é não poder voltar no tempo e ter Michael de volta entre nós.Mas nós podemos suportar a ausência deste grande Ser Humano,mas as pessoas que somente agora reconhecem sua grandeza terão que suportar a tristeza de suas consciências . I Love The King!

Ver perfil do usuário

5 Re: Michael para sempre! em Sex Fev 24, 2012 2:02 pm

This is it, é sem dúvidas, um show de cair o queixo, O Maior Espetáculo da Terra, como Michael desejou que fosse. Basta que seja assistido com o coração, a mente e a alma abertos, basta soltar as amarras...só assim as pessoas conseguirão enxergar os detalhes das maravilhas, entender as mensagens construtivas e sentir a energia elevada que esse filme oferece.
Michael é um ser humano elevadíssimo em inteligência, sensibilidade, espiritualidade...enfim, um GÊNIO!! Wink

Vamos continuar propagando todas as verdades e maravilhas sobre Michael, para que as pessoas que não tiveram o privilégio de conhecê-lo, possam ter. Wink

Bjãooo LOVE

Ver perfil do usuário

6 Re: Michael para sempre! em Sex Fev 24, 2012 2:02 pm



Nosso medo mais profundo

“Nosso medo mais profundo não é o de sermos inadequados.
Nosso medo mais profundo é o de sermos poderosos além da medida. É a nossa luz, não nossa escuridão, que mais nos apavora. Nós nos perguntamos: Quem sou eu para ser brilhante, grandioso, atraente, talentoso e fabuloso? Na verdade, quem é você para não ser? Você é um filho de Deus. Bancar o pequeno não serve ao mundo. Não é nada iluminado em se encolher para que outras pessoas não se sintam inseguros ao seu redor. Somos todos feitos para brilhar, como fazem as crianças. Nascemos para manifestar a glória de Deus dentro de nós. Não é apenas em alguns, está em todos nós. E conforme deixamos nossa própria luz brilhar, conscientemente damos às outras pessoas permissão para fazerem o mesmo. E conforme nos libertamos do nosso medo, nossa presença automaticamente liberta os outros.”

(Trecho de A Return To Love de Marianne Williamson)

Fonte:michael-iloveyoumore.blogspot.com

..........

Ver perfil do usuário

7 Re: Michael para sempre! em Sex Fev 24, 2012 4:36 pm

Maira já acrescentei a fonte... obrigada por envia-la. bjssss!! Very Happy Very Happy


_________________
Ver perfil do usuário http://offthewall.forumeiros.com

8 Re: Michael para sempre! em Sex Fev 24, 2012 9:05 pm

Eu que agradeço Mari. Wink
Mas porque não consigo colocar?

Bjsss LOVE

Ver perfil do usuário

9 Re: Michael para sempre! em Sex Fev 24, 2012 9:22 pm

Maíra escreveu:Eu que agradeço Mari. Wink
Mas porque não consigo colocar?

Bjsss LOVE

Os forumeiros tem um sistema onde só acima de 10 post que vc consegue fazer algumas coisas aqui no forum, é como se fosse para obrigar os novatos postarem. Regras deles, é um sistema que não tem como alterar infelizmente....


_________________
Ver perfil do usuário http://offthewall.forumeiros.com

10 Re: Michael para sempre! em Sab Mar 10, 2012 9:14 pm



Michael merece reciprocidade

É tão triste ver alguns fãs desistindo dessa grande aventura, dessa experiência maravilhosa, a qual Michael nos conduz. Estão desistindo desses propósitos, dessa luta pela verdade, pela conscientização... Tudo está voltando a ser como
sempre foi, indiferenças, individualismo, cada um cuidando apenas de suas prioridades...e por ai vai.
Não adianta dizer que não, porque isso está visível. Nem todos continuam com a mesma dedicação a Michael, não mesmo. Falta de tempo??? Não. Desmotivação é a palavra certa, indiferença, individualismo...
Michael sendo o Rei e com sua vida tão agitada sempre arranjou tempo para dar atenção a todos, para se dedicar aos fãs e ao mundo.
Uma hora, meia hora que seja para se dedicar e propagar Michael, não traria prejuízo a ninguém, muito pelo contrário, traria benefício ao mundo e mostraria reciprocidade a atenção e ao amor que Michael sempre nos ofereceu.
Ser fã de Michael não é apenas ser fã como de qualquer outro ídolo.
Ser fã de Michael é refletir, aprender, despertar, evoluir...é mostrar que se importa.
Ser fã de Michael é algo que vai muito além de admirar suas músicas, seu talento e sua bondade. Ser fã de Michael é além de reverenciar o homem e o artista, é também mostrar reciprocidade a tudo o que ele nos proporcionou e mostrar que se importa com ele. Ser fã de Michael é se unir e gritar numa só voz suas verdades que a mídia distorceu por longos anos, é lutar incansavelmente e unidos, para que os quatro cantos do mundo o reconheçam e o respeitem.
Para alguns fãs, essa posição é de fanatismo, endeusamento, infantilidade, insanidade...para mim e para muitos fãs, essa posição é de reciprocidade, de reconhecimento, de solidariedade, de gratidão, de amor e respeito...a um ser humano incrível que sempre se dou por inteiro e se importou com o mundo.

Michael...I love you more...LOVE
Amor incondicional sempre!!

Ver perfil do usuário

11 Re: Michael para sempre! em Sab Mar 10, 2012 9:42 pm

Lindooooo flor! É aquilo que eu sempre disse...Michael sempre foi tão leal a nós...E iremos ser leais a ele até o fim de nossas vidas!!

Ver perfil do usuário http://odiariodeumafamj.blogspot.com

12 Re: Michael para sempre! em Qui Mar 22, 2012 3:33 pm

Com certeza, Carol..sempre unidos a Michael e fazendo valer todos os seus ideais e exemplos. Wink
bjãooo LOVE




MAS, POR QUE ESSA PERDA É TÃO PESSOAL?


"Toda vida tem uma medida de tristeza, e às vezes é isso que nos desperta."-Steven Tyler, do Aerosmith.

A questão muitas vezes colocada é: "Porque essa sensação é tão pessoal?" A freqüência dessa pergunta está numerada às centenas e as histórias são, anonimamente, compartilhadas. Para milhares, sim, esta jornada tem sido primorosamente crua e pessoal.

Para muitos, tornou-os intrépidos viajantes empurrados para a frente em uma viagem para o reino da espiritualidade, o fulcro que foi a passagem de Michael. Muitos têm dito: "Eu não sabia que eu não estava acordado."

"A dor nos torna crianças novamente, destrói todas as diferenças de intelecto. O mais sábio não sabe nada. "-Ralph Waldo Emerson

Talvez essa fosse a parte do plano de Michael e por que ele teve que sair demasiado cedo. Ele disse muitas vezes que as crianças tinham a resposta e eram a resposta para os problemas do mundo. Amargamente ridicularizado por causa de sua afeição por Peter Pan e da história de um menino que não queria crescer, talvez ele estivesse realmente em algo que nós somente aprenderíamos o significado mais tarde:
"Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e tornardes como crianças, não entrareis no reino dos céus."-Matt. 18:03

"Em verdade eu vos digo: Quem não receber o reino de Deus como uma criança pequena, não entrará nele."-Marcos 10:15

Michael disse que das crianças ele reconhecia e valorizava a sua inocência e "estar com elas nos conecta a profunda sabedoria da vida." Possivelmente ele estava falando da espontaneidade das crianças. Eu acho que a Disneylândia é a prova de quanto a criança ainda vive em todos nós e Las Vegas é um exemplo de uma Disneylândia para adultos - Um parque infantil para adultos, onde podemos, com permissão, agir muito parecido com as crianças.

Ambos, lugares mágicos, eles são únicos em sua própria maneira. Assim são as montanhas, os oceanos e a floresta. Assim são a Esfinge e as pirâmides no planalto de Gizé. Essas são todas as coisas que Michael amou e incentivou a amar.
No entanto, inocência perdida é um rito de passagem da infância que, ao que parece, todos devemos atravessar. Por que isso?
I Coríntios:
11: Quando eu era criança, falava como criança, compreendia como criança, pensava como criança, mas quando, tornei-me um homem, acabei com as coisas de menino.
12: Porque agora vemos como por espelho, em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei igualmente, como também sou conhecido.
13: E agora, a fé permanece, esperança, caridade, estas três, mas o maior destes é a caridade.
O que significa "acabar com as coisas de menino.”? E por que é esse um rito de passagem? Essa é necessariamente, uma coisa boa? O que significa perder a inocência?
A inocência é um estado de boca aberta, maravilha sem palavras. É para ser enamorado com tudo isso. É para observar com o queixo apoiado na mão durante horas, a trajetória de um erro imerso em sua indústria em uma manhã de junho brilhante com o calor do sol em suas costas. É para ficar na beira do Grand Canyon e sentir-se pequeno em comparação com o que você imagina naquele momento. É para deitar-se sobre a rocha que se projeta a partir da falésia e sentir a sua frieza em suas costas e o calor do sol em sua barriga e reconhecer seu nascimento no mesmo fogo milenar. É para olhar pela janela de uma aeronave a 30.000 pés e saber que se você estivesse em Nepal, este é o quão alto é - o cume do Monte Everest.

É ver a brilho da lua resplandecendo sobre as águas negras da baía, quanto as estrelas iniciam sua sinfonia e capturar a sugestão dessa melodia dentro de si. É dançar no escuro, no ofuscar das luzes, por si mesmo com abandono, a noite sua única parceira de dança. É escalar uma árvore e fazer desejos e escrever canções imortais dos sonhos que, magicamente, aparecem nos ramos. Está a faixa do primeiro single, lágrimas como cascatas escorrem pelo rosto diante as outras.
Inocência é Papai Noel, Coelho Brier, os Muppets, Alice no País das Maravilhas, Senhor dos Anéis, Harry Potter, Crônicas de Nárnia, Piratas do Caribe, Rei Leão, Peter Pan, Star Wars e ...

É antes de se esquecer de imaginar que você pode ser qualquer coisa que você quer ser. Antes de você perceber que um tesouro enterrado é fantasia, que o desejo não significa que vai se tornar realidade e que para obter o que deseja, você deve usar a estratégia. Você deve ser um mini-Maquiavel. Há algo desonesto sobre o mundo adulto que não é encontrado no mundo da criança e de sua inocência infantil. Há algo de livre, espontâneo e bonito sobre o espírito humano nesse estado virginal.
E parece que depois que esse limiar é atravessado, nunca mais há manifestação sua, nem mesmo reanimada e então é recordada longamente na memória. Talvez seja tão doloroso que devemos esquecê-lo completamente, a fim de sobreviver à sua perda.
Portanto, ao longo vem este que uma vez amado, uma vez uma criança, uma vez uma criança amada, que agora é um artista, adulto "diferente" que parece ser capaz de agarrar a sua inocência e que mantém lembrando-nos que uma vez houve tal coisa e que necessitamos para poder tentar obtê-la de volta. Ele expressa isso, ele demonstra isso, ele canta isso. Ele reúne crianças em volta dele e fala de sua inocência, de seu brilho. Ele nos cutuca por dentro e desperta a lembrança de uma velha ferida. Como ele se atreve? O que ele quer de nós? De que ele estava lembrando-nos?
"Enquanto a inocência se desvanece afastada, coisas mais complicadas tomam seu lugar. Achamos que precisamos superar os outros e esquematizamos para conseguir o que queremos. Começamos a gastar muita energia protegendo a nós mesmos. Então a vida se transforma um esforço. As pessoas não têm escolha a não serem espertas. De que outra forma poderiam sobreviver?

Quando você fica completamente abatido, ‘’sobrevivência significa ver as coisas como elas realmente são e responder. Significa estar aberto. E é isso que a inocência é. É ser simples e confiante como uma criança, não crítico e comprometido com um ponto de vista estreito. Se você está trancado em um padrão de pensamento e resposta, a sua criatividade fica bloqueada. Você perde o frescor e a magia do momento. Aprenda a ser inocente de novo, e esse frescor nunca desaparece."

As crianças lembram que são luz. Lembram que são amor. Elas sabem ser a própria sombra brilhante, sim: essa luz, esse amor. E nós as fazemos calar de mil maneiras, porque não podemos nos permitir que, mesmo por um momento de cintilação, revisitar um lugar que faz lembrar… toma nossa própria respiração e nos traz de joelhos, para deixar-nos viver esse momento outra vez.
“Onde há sofrimento há solo sagrado.” - Oscar Wilde
Eu gostaria que tivéssemos ouvido melhor. Michael não está mais aqui para nos lembrar. Hoje estamos em solo sagrado. Choramos hoje, eu acho que, tanto por nossa inocência perdida, e sua inocência perdida, quanto choramos por Michael.

Texto escrito por Rev. B. Kaufmann - 2010
http://www.innermichael.com/2010/06/but-why-is-this-loss-so-personal/
http://michael-iloveyoumore.blogspot.com.br/

Ver perfil do usuário

13 Re: Michael para sempre! em Qui Mar 22, 2012 4:00 pm

Adoro esse trabalho maravilhoso que você está sempre fazendo para levar as mensagens de Michael para todas as pessoas, amiga. ♥
E adoro todos os textos que a Kaufmann escreve, ela usa muita sabedoria para falar de Michael, de forma a nos tocar profundamente.

Ver perfil do usuário

14 Re: Michael para sempre! em Qua Abr 04, 2012 11:54 am

Obrigada amiga Lu. Wink O amor e as maravilhas de Michael e sobre ele, sempre devem ser evidenciadas, né amiga? É uma honra para nós fãs propagarmos tudo isso!! king LOVE




Dançando com Michael o Sonho - (Joie e Willa)

Joie: Há duas semanas, Willa e eu demos uma olhada muito divertida na menção de Michael sobre A Força na canção "Don’t Stop Till You Get Enough" e essa discussão nos levou a dar uma olhada em Dancing the Dream, livro de poemas e reflexões de Michael. E foi tão difícil para eu não perder completamente a noção do tempo e me concentrar enquanto eu folheava o livro, porque A Força é tão maravilhosa que fiquei absorta em suas palavras. E Willa expressa um sentimento semelhante quando falamos sobre isso, então, sabíamos que tínhamos que ter uma conversa sobre este livro incrível.

Você sabe Willa, tenho que dizer que amo absolutamente este livro. E como eu o estava lendo esta semana, cheguei à conclusão que, tanto quanto eu realmente amo a música e, tanto quanto a música significa para mim- e acredite em mim, significa tudo - realmente aprecio este livro tanto quanto, se não mais. Dancing The Dream foi lançado muito discretamente em junho de 1992, no seguimento de sua autobiografia, Moonwalk (1988). Ele não recebeu tanta atenção e na única entrevista que Michael fez para promovê-lo, ele a descreveu como "apenas uma expressão verbal do que eu costumo expressar através de minha música e minha dança." E essa é a sensação de que tenho sempre que folheio este livro. Abra qualquer um dos poemas ou ensaios e é muito fácil para imaginar as palavras que ele tem escrito naquelas páginas com música.

Willa: Concordo, e acho que o próprio Michael Jackson enfatiza isso, ao incluir a letra de "Heal the World" e "Will You Be There", junto com imagens de seus shows e vídeos. Intercalando-os ao longo do livro, ele parece estar mostrando que suas histórias e poesias não são algo separado do trabalho que geralmente é conhecido. Eles estão todos interligados: suas poesia e canções, seus desenhos e vídeos, sua dança e seu corpo, a totalidade de sua arte musical e visual.

Joie: Cada poema e ensaio são lindamente escritos, expressão honesta do que estava em seu coração. Todo o amor e paixão que ele mesmo derramou em cada canção e em cada dança estão ali entre as páginas. Toda a preocupação com o meio ambiente, toda a compaixão e amor pela humanidade, toda a maravilha da mágica e espiritualidade. Eu realmente tenho a sensação de que estes são seus pensamentos mais profundos – suas esperanças e sonhos pelo planeta e pela espécie humana – descubro ao mesmo tempo uma forma fascinante e agridoce.

Willa: Joie, você acabou de tocar em algo muito importante, eu acho, quando você falou sobre "todo o amor e paixão que ele derramou em cada canção e cada dança." Quando estávamos falando sobre "Don’t Stop" algumas semanas atrás e suas ideias sobre a Dança da Criação, eu continuava a sentir que, para ele, sua criatividade e sua espiritualidade têm uma dimensão muito física, e elas estão intimamente ligadas com a dança e a energia sexual também. Eu não era capaz de me expressar muito bem sobre isso e ainda estou lutando para colocar o que sinto em palavras. Mas acho que elas são tão profundamente ligadas para ele, porque todas elas são expressões de amor e paixão: paixão criativa, a paixão sexual, a paixão espiritual e, acima de tudo, compaixão. Estão todas interligadas por ele e todas as expressões da "dança eterna da criação.”.

Joie:Willa, eu acho que entendo onde você está tentando chegar aqui e você está certa, ele se sente como se tudo fosse intrinsecamente interligados, porque, como você diz, elas são todas expressões de amor e paixão. Isso me faz pensar em suas palavras de "Amor", um dos ensaios de Dancing The Dream, onde ele diz:

"Quando se tem permissão para ser livre, o amor é o que torna a vida viva, alegre e nova. É a essência e energia que motiva minha música, minha dança, tudo. Enquanto o amor está em meu coração, está em todo lugar."

Para ele o amor é a energia que motiva... tudo! Você sabe, Willa,quanto mais eu falar sobre este livro e quanto mais eu ler e reler cada poema e ensaio, mais reforça a ideia de que este livro é realmente apenas uma representação física do seu coração. O amor - em todas as suas formas - foi o fator motivador em tudo que ele fez... em cada canção que ele escreveu, em cada nota que cantou, em cada movimento de dança que seu corpo executou, em todas as causas de caridade e humanitárias que ele apoiou. E este livro é uma manifestação física disso.

Willa: Eu realmente sinto isso também, Joie. Você sabe, falar sobre o amor tende a nos deixar desconfortáveis. Mas como você diz, "Amor - em todas as suas formas - foi o fator motivador em tudo que ele fazia." É a energia que lhe alimenta, a luz que lhe orienta, o calor que lhe conforta e o torna forte. Mas, como ele também enfatiza ao longo deste livro, antes que possamos realmente amar os outros, temos que conhecer a nós mesmos. E isso significa abraçar totalmente as nossas forças e nossos talentos, que pode ser ainda mais difícil do que reconhecer as nossas fraquezas.

Você já teve a sensação de que uma ideia - algo importante - está te empurrando na borda de seu cérebro, e você não consegue ignorá-la, mas você não consegue compreendê-la também? Eu tive esse sentimento desde que começamos a falar sobre A Força e a Dança da Criação - que há algo muito importante e poderoso aqui, mas não sou muito capaz de vê-lo ou compreendê-lo ainda. E acho que isto se liga com uma citação de Marianne Williamson, que foi publicada na escola Montessori do filho:

"Nosso medo mais profundo não é o de sermos inadequados. Nosso medo mais profundo é que somos poderosos além da medida. é a nossa luz, não nossa escuridão, é que mais nos apavora. Nós nos perguntamos: Quem sou eu para ser brilhante, maravilhoso, talentoso e fabuloso? Na verdade, quem é você para não ser? Você é um filho de Deus. Fazer papel pequeno não serve ao mundo. Não há iluminação em se encolher para que outras pessoas não se sintam inseguras ao seu redor. Somos todos feitos para brilhar, como fazem as crianças. Nascemos para manifestar a glória de Deus que está dentro de nós. Não é apenas em alguns de nós, está em todos. E conforme deixamos nossa própria luz brilhar, inconscientemente damos às outras pessoas permissão para fazer o mesmo. E conforme nos libertamos do nosso medo, nossa presença automaticamente liberta os outros.”

Joie: Isso é como uma citação bela e inspiradora!

Willa: Não é maravilhosa? Eu costumava lê-la todos os dias quando eu pegava meu filho na escola, e ressoou profundamente em mim. Conheço o medo de ser muito poderoso, muito visível, muito influente, demais. Acho que muitas pessoas, especialmente as mulheres, experimentam esse medo. Mas "papel pequeno não serve ao mundo." Como ela diz, "Somos todos feitos para brilhar, como fazem as crianças.”.

Vejo Michael Jackson expressar ideias muito semelhantes ao longo de Dancing the Dream. E ele não está falando sobre ser ofensivo e agressivo. Pessoas que trabalharam com ele muitas vezes mencionam a sua humildade genuína e natureza gentil. Ele está falando de conhecer seus pontos fortes e talentos e habitá-los totalmente. Como ele diz em "O Céu é Aqui", um dos meus poemas favoritos de Dancing the Dream,

Don’t be afraid

To know who you are

You are much more

Than you ever imagined


Não tenha medo

De saber quem você é

Você é muito mais

Do que você imagina

Michael Jackson não era apenas um artista incrível, ele era uma figura cultural tremendamente poderosa. E ele era poderoso, porque ele sabia quem ele era.

Ele também não teve medo de revelar quem ele era. Ele era uma criança maravilhosamente talentosa que com confiança entrou no palco, quando todos sabiam que uma criança não poderia cantar e dançar daquele jeito. Ele se tornou o artista mais bem sucedido de todos os tempos, quando todos sabiam que uma criança estrela se torna um adulto viciado em drogas. Ele foi um homem negro incrivelmente sexy em uma época em que todos sabiam que os homens negros tinham que esconder a sua sexualidade de modo que não fosse muito ameaçador. Ele mudou os significados de sua raça, quando todos sabiam que era impossível. Ele foi o artista mais importante do nosso tempo, quando todos sabiam que estrelas pop eram muito superficiais para criar arte séria. E ele capturou a imaginação de bilhões de pessoas em todo o mundo, porque ele sabia quem ele era.

E ele não deixou ninguém definir quem ele era. Sempre que leio principais artigos sobre ele, fico constantemente impressionada de ver quão indignados eles ficavam por ele não estar em conformidade com as suas expectativas. Ele não obedeceu. Ele foi maravilhoso e único a si mesmo. Ele sabia quem ele era e no que acreditava, ele se manteve verdadeiro a esta visão e mudou o mundo.

Joie: Essa é uma maneira muito profunda de colocar isso, Willa, e você está absolutamente certa. Ele sabia exatamente quem ele era e não teve medo de mostrar isso. E por causa de todas aquelas coisas que você acabou de mencionar, e mais, eu sempre pensei nele como uma das pessoas mais corajosas que já agraciou este planeta. E o que você disse me lembra o que ele diz em "Courage", outro de seus ensaios em Dancing The Dream, que eu sei que você e eu igualmente amamos. Ele diz o seguinte:

"Quando você tem a coragem de ser íntimo, você sabe quem você é, e você está disposto a deixar que outros vejam isso. É assustador, porque você se sente tão vulnerável, tão aberto à rejeição. Mas sem auto-aceitação, o outro tipo de coragem, o tipo que heróis mostram nos filmes, parece oca. Apesar dos riscos, a coragem de ser honesto e íntimo abre o caminho para a auto-descoberta. Ela oferece o que todos queremos, a promessa de amor.”

A coragem de saber quem você é e deixar o outro vê-lo. Assim, tal como no poema,"O Céu é Aqui", ele repete esta idéia no ensaio que me diz que era um conceito que significava muito para ele "Coragem." - Essa idéia de ser verdadeiro a si mesmo e saber quem você é.

Willa: Eu amo “Coragem,” especialmente a passagem que você acabou de citar. Ele expressa suas ideias de modo simples, mas poderosa, porém, isso não significa que estas eram ideias simples. Como ele explica:

“Expressar seus sentimentos, não é o mesmo que desmoronar diante do outro – é ser aceito e verdadeiro ao seu coração, seja o que puder dizer.”

Realmente, essa é uma distinção muito importante. Ele não está falando sobre ser um caso perdido e "desmoronando na frente de alguém", deixar seus medos e emoções governarem você. Nem um pouco. Não é isso que ele quer dizer com “a coragem de expressar sentimentos verdadeiros.” Ele está falando sobre autoconhecimento, sobre saber quem você é e ter a coragem de ser honesto e “verdadeiro ao seu coração". Verdadeiro a si mesmo e suas convicções.

Joie: Exatamente! Ele ecoa isso novamente no ensaio "Trust", quando diz:
“Ao aceitar-se completamente, a confiança torna-se completa. Não há mais qualquer separação entre as pessoas, porque não há mais qualquer separação interior. No espaço onde o medo costumava viver, o amor é permitido crescer.”

Willa:Oh, eu amo isso! Eu acho que muitas vezes somos guiados pelo medo de que outras pessoas não vão gostar da pessoa que somos, assim fingimos ser algo que não somos e então somos regidos pelo medo de que seremos descobertos . Mas se pudermos aceitar a pessoa que somos, esse medo vai embora e, como ele diz,"No espaço onde o medo costumava viver, o amor é permitido crescer." Eu realmente acredito que é verdade.

Joie: Esta ideia de saber quem é você é um dos temas centrais que percorre todo o livro.

Willa: Concordo. Ele repetidamente fala sobre a importância de sermos honestos a nós mesmos e cultivar o autoconhecimento, não apenas para nosso próprio benefício, mas para o benefício de todos. Ele repete essa ideia e mostra as implicações globais em "Aquele No Espelho":
“A dor da vida me toca, mas a alegria da vida é muito mais forte”. E ela irá curar. A vida é o curador da vida; e o máximo que posso fazer para a terra é ser seu amoroso filho. Aquele no espelho estremeceu e se encolheu. Ele não tinha pensado muito sobre o amor. Ver "problemas" era muito mais fácil, porque o amor significa completa auto-honestidade. Ouch! ...Teria que mudar o mundo? Eu acho que sim, porque a Mãe Terra nos quer felizes para amá-la como tendemos as suas necessidades. Ela precisa de pessoas destemidas ao seu lado, cuja coragem provém de uma parte dela. ... Quando aquele no espelho está cheio de amor por mim e por ele, não há espaço para o medo. Quando ficamos com medo e em pânico, nós paramos de amar esta nossa vida e esta terra. Nós desconectamos...

Uma coisa eu sei: eu nunca me sinto só, quando sou filho da terra.”

Joie: Willa, eu adoro isso! Essa passagem que você citou só me faz pensar na letra da música "Shout", quando diz: "Estamos desconectados do amor / Estamos desrespeitando um ao outro/ O que aconteceu com proteger um ao outro?" Acho que ele está se referindo a mesma coisa aqui. Ser desligado do amor - o amor pelo planeta e do amor de um pelo outro. Se pudéssemos voltar a este respeito, isso mudaria o mundo? Michael acreditava que mudaria.

E, você sabe, outro tema central deste livro é a ideia de que estamos todos conectados uns aos outros e ao planeta, e nós exploramos esse aspecto em Dancing the Dream, em detalhe, durante a nossa discussão sobre A Força há duas semanas. Mas há um outro tema que percorre todo o livro que eu acho tão atraente quanto os dois primeiros que já vimos - a espiritualidade. Ele lida com ela em vários poemas e ensaios ao longo do livro. Mas há dois que realmente se destacam para mim. O primeiro é "Deus" e o outro é "Dois Pássaros".
Em "Deus", ele aborda o tema principal da espiritualidade quando diz:

"é estranho que Deus não se importa em expressar a Si mesmo / A Si mesmo em todas as religiões do mundo, enquanto as pessoas ainda se apegam à noção de que seu caminho é o único caminho certo. O que quer que você tente dizer a respeito de Deus, alguém vai se ofender, mesmo se você diz que o amor de todos por Deus é bom para eles.”

Willa: Acho que esta é uma declaração brutalmente honesta. Tão simples e, ainda assim, tão verdadeira. E isso diz muito sobre a nossa visão coletiva de Deus e da espiritualidade. Basicamente, é uma escolha muito pessoal e nenhum de nós tem o direito de condenar ninguém, se os seus pontos de vista sobre Deus são diferentes das nossas. Mas ainda assim, isso acontece várias vezes na nossa sociedade e em todas as culturas do mundo. E acho, inclusive, que este ensaio em seu livro foi uma coisa muito corajosa para ele fazer.

Em "Two Birds" ele avança sobre isso, de uma forma muito mais sutil, quando ele escreve um poema de amor à sua alma. Ele diz:

"Dois pássaros pousam em uma árvore. Um come cerejas, enquanto o outro observa. Dois pássaros voam pelo ar. A canção de um cai do céu como cristal, enquanto o outro se mantém em silêncio. Dois pássaros circulam ao sol. Um captura a luz em suas penas prateadas, enquanto o outro espalha as asas da invisibilidade.

é fácil adivinhar qual ave sou, mas eles nunca vão achar você...
Doce pássaro, minha alma, o seu silêncio é tão precioso. Quanto tempo levará até que o mundo escute a sua música na minha?
Oh, este é um dia pelo qual anseio! "
Willa:Esta é uma imagem tão interessante para mim, Joie. Podemos vê-lo lutando com a ideia de seus eus públicos e privados por todo o seu trabalho, mas ele a apresenta de forma diferente aqui - como dois pássaros. Um deles tem uma presença física: ele come, ele canta, ele reflete a luz em suas penas. O outro não: ele não come, ela não canta e a luz solar passa através de suas asas invisíveis. Um pássaro – seu eu público - é facilmente visto. O outro - o seu eu privado, sua "alma" -é muito mais difícil de perceber. Mas ele anseia pelo dia em que ambos serão reconhecidos: quando "o mundo ouvirá sua música na minha." Essa é uma imagem tão linda, especialmente a sugestão de que sua música - a "música" do pássaro invisível - é a expressão de sua alma.

Joie: Concordo.

Willa: Ele baseia-se nessa ideia em "Uma criança é uma canção", e expande para abranger todos nós:

"Mesmo que você nunca tenha escrito uma música, sua vida é uma canção...Viver é ser musical, começando com a dança no sangue em suas veias. Tudo que é vivo tem seu ritmo. Para sentir cada um, suavemente e com atenção, traga a sua música.

Você sente a sua música?

As crianças sentem, mas uma vez que crescemos, a vida se torna um fardo e uma tarefa, e a música enfraquece...

Quando começo me sentir um pouco cansado ou sobrecarregado, as crianças me revivem. Dirijo-me a elas por vida, por música nova. Dois olhos castanhos me olham tão profundamente, tão inocentemente e por dentro murmuro: "Esta criança é uma canção." é tão verdadeiro e direto... estou de volta para mim mais uma vez. "

Joie: Willa, eu amo quando ele diz: "Viver é ser musical. "Alguma coisa sobre essa frase é muito lírico e poético para mim. Quantas pessoas iriam pensar sobre o próprio sangue que flui através de nossos corpos como sendo musical? Acho isso fascinante!

Você sabe, já conversamos sobre todos os diferentes temas deste livro - a ideia de que estamos todos conectados, a crença de que devemos nos esforçar para conhecer e aceitar quem somos e sobre o tema da espiritualidade. E ele conecta cada um destes temas com o amor. As várias expressões de amor e paixão que você mencionou anteriormente - paixão criativa, a paixão sexual, a paixão espiritual, a compaixão. Todas as várias formas de amor. Mas, parece-me que há uma forma de amor que não é realmente um tema central deste livro. O amor romântico.

Agora, isso não quer dizer que é completamente ausente, ele faz contato com ele, mas apenas duas vezes. Primeiro em um ensaio chamado "A Última Lágrima", e depois novamente em "Eu, Você, Nós".

No primeiro, ele descreve uma luta terrível entre dois amantes que deixa um deles gritando: "Saia! Estas são as últimas lágrimas que vou chorar por você." E no seu coração partido, ele espera e espera que ela volte, o tempo todo chorando lágrimas de frustração, lágrimas de solidão e lágrimas de desespero. Mas, de repente, ele tem um pensamento de amor e tudo muda.

Ele diz:

"Como é estranho que todas essas lágrimas não possam lavar a ferida! Então um pensamento de amor furou minha amargura. Eu me lembrei de você na luz do sol, com um sorriso tão doce como o vinho de maio. Uma lágrima de gratidão começou a cair e milagrosamente, você estava de volta."

Em seguida, em "Eu, Você, Nós", ele diz:

"Como eu amo esse mistério chamado Nós!... Nós deve ser filho favorito do amor, porque até eu chegar a você, Nós nem mesmo estava lá. Ele chega nas asas de ternura, que fala através de nosso entendimento silencioso. Quando eu rio de mim mesmo, ele sorri. Quando te perdoo, ele dança em júbilo. Nós não é mais uma escolha, não se você e eu queremos crescer juntos... A verdade é que você e eu já teríamos desistido há muito tempo, mas Nós não deixou.Ele é muito sábio."

Acho realmente interessante que nas duas únicas obras onde ele aborda o amor romântico, ele está descrevendo como reparar o amor quando ele racha ou como mantê-lo intacto, em primeiro lugar.

Willa: Bem, dependendo de como você interpreta as palavras dele, o amor romântico aparece em outros lugares. Por exemplo, eu acho que ele toca isto em "Coragem". Isso pode soar como um título improvável para um ensaio sobre o amor, mas para mim é o mais romântico de todos, porque ele está falando "a coragem de ser íntimo." Como você citou anteriormente, Joie, "Quando você tem a coragem de ser íntimo, você sabe quem você é e você está disposto a deixar que outros vejam isso.”.

Joie: Isso é interessante, Willa. Realmente nunca pensei sobre "Coragem", como sendo romântico, mas eu suponho que eu possa entender desde que ele está falando sobre ter a coragem de ser emocionalmente íntimo com outra pessoa. E, assim como em suas canções e seus curtas-metragens, seus poemas e ensaios podem ter múltiplas interpretações, bem, assim, eu acho que faz todo o sentido.

Willa: Você está certa, pode ser interpretado de diferentes maneiras e, realmente, acho que é muito limitante ler "Coragem" aplicando apenas o amor romântico. A necessidade de "coragem de ser íntimo" é certamente o caso das relações românticas, mas é verdade de outros relacionamentos, bem como, na verdade, de todos os relacionamentos humanos genuínos. De muitas maneiras, vejo esta "coragem de ser íntimo", "saber quem você é e... deixar que outros vejam isso", como a ideia central do Dancing The Dream.

Você sabe, Joie, Michael Jackson é um milagre de fogo e gelo para mim - tão gentil e tão forte. Em sua obra vejo uma sensibilidade requintada, Mas é em sua vida que vejo a força incrível. Repetidas vezes ele enfrentou provações que ninguém deveria enfrentar. Ele atravessou uma tempestade de fogo após outra. Ele é tão sensível e delicada, porém tão forte. Isso parece tão contraditório - como fogo e gelo - mas eles conviveram nele. Como isso é possível? Acho que a chave para este mistério está escrito neste livro.

Joie: Concordo com você completamente, Willa. Ele realmente era muito contraditório em alguns momentos. Tão inocente como criança, maravilha justaposta com experiência, maturidade inteligente. Terrivelmente tímido ao redor de estranhos, mas, no entanto, uma presença tão dominante no palco.

Willa: Isso é verdade. Muitas contradições coexistem dentro dele.
Então, Michael Jackson Academia Projects acaba de divulgar um novo vídeo de duas partes sobre o álbum History e nós pensamos em concluir, compartilhando-os.

Aqui está o capítulo um:



E aqui está o capítulo dois:


Fonte: http://dancingwiththeelephant.wordpress.com/2012/02/23/dancing-with-michaels-dream/
Tradução: http://www.michael-iloveyoumore.blogspot.com.br/
....................

Ver perfil do usuário

15 Re: Michael para sempre! em Qua Abr 04, 2012 12:12 pm

Mairinha que lindo, valeu por postar Wink
vc sempre espalhando as verdades sobre o Mike!

Ver perfil do usuário

16 Re: Michael para sempre! em Qua Abr 04, 2012 8:58 pm

Obrigada amiga Aline. Wink
É uma honra espalhar essas verdades sempre!! Smile
Bjãooo LOVE




POR QUE DANÇAR COM UM ELEFANTE?

Joie: Então, “dançando com o elefante.” Título consideravelmente estranho para um blog sobre Michael Jackson, heim? Bem, não realmente.Não depois que você entender de onde eu e minha amiga estamos chegando e como esse blog surgiu.

Meu nome é Joie Collins e sou uma das pessoas dedicadas que ajuda a executar o website MJFC (Michael Jackson Fan Club). Desnecessário dizer, eu sou uma grande fã de Michael,e tem sido desde que eu era uma criança muito pequena vendo o Jackson 5 desempenhar no Soul Train.Tenho feito o que faço para MJFC por muito tempo e adoro isso! Tenho grande satisfação de supervisionar a página do site de Notícias e responder o correio comercial do site.Recentemente, tive o grande prazer de conhecer Dr. Willa Stillwater quando concordei em ler seu novo livro, M Poetica, e dar-lhe o meu sincero ponto de vista de fã.

Não tenho certeza se ela sabia exatamente o que estava me pedindo no momento. Como você sabe, nós fãs de MJ tendemos a levar nossas opiniões muito a sério! E, como você deve ter percebido, a minha "honesta, reação" provocou um debate acalorado imediatamente! Willa e eu íamos e voltávamos para frente e para trás sobre vários temas e pontos abrangidos em seu livro. Deveria dizer-lhe todas as coisas que eu amei sobre ele, mas também não hesitaria em dizer-lhe o que odiei sobre ele. E ela responderia todas as razões pelas quais havia escrito do jeito que tinha escrito e eu lhe explicaria o que senti e porque razão senti e porque a maioria dos fãs concordariam comigo. Isso continuou por algumas semanas, e finalmente ela e eu começamos a entender que tínhamos batido em algo especial.

O que percebemos é que, durante os nossos debates, realmente tivemos algumas discussões bastante interessantes sobre Michael Jackson, sua arte e sua música. Estávamos conversando abertamente e honestamente, com verdadeiras e aprofundadas conversas sobre a obra do maior artista de todos os tempos. E mesmo quando estávamos em desacordo (que aconteceu uma quantidade razoável de tempo), nós duas sempre saíamos da conversa com um ponto de vista esclarecido, e uma nova forma de olhar o rei do pop da que tínhamos anteriormente. Então pensamos ... e se continuássemos a conversa em uma escala maior? E se convidássemos todos vocês para testemunhar a conversa e até mesmo tomar parte nela ?

Ainda não explicamos o nome, certo? Bem, nós queríamos um nome que falasse para ambas e também tivesse um significado relevante para o próprio Michael.Todos nós sabemos o quão profundamente Michael sentia sobre o majestoso elefante. Ele os amava! Cigano e Babar estavam entre os seus animais favoritos em seu jardim zoológico do rancho Neverland. Ele até escreveu uma bela composição sobre elefantes em seu livro, Dançando o sonho chamado "Assim, os Elefantes Marcham." Nela, ele fala sobre as lições que os elefantes vêm tentando, durante séculos, ensinar o homem.
Ele escreve: "Mas a mensagem dos elefantes mais importante está em seu movimento.
Pois eles sabem que viver é se mover. Aurora após aurora, idade após a idade, o rebanho marcha adiante, uma grande massa de vida que nunca cai, uma força imparável da paz. "Acho que a última parte descreve Michael muito bem. "Uma força imparável da paz." De muitas maneiras, é o que ele próprio era.

Para mim, não são apenas os elefantes animais surpreendentes, mas também simbolizam um "assunto delicado." Uma conversa difícil que as pessoas podem querer evitar.Por exemplo, sou uma Negra americana ( não gosto do termo "Africano" americano, porque nem eu, nem meus pais, nem meus avós - ou até mesmo meus bisavós para essa questão - já foram para a África) e meu marido é branco. Ele e eu frequentemente falamos sobre diferentes questões raciais e isso é maravilhoso, porque podemos fazê-lo de uma forma muito aberta e honesta sem o medo de ofender qualquer um ou de ferir os sentimentos do outro. Estamos casados por 10 anos e meio, interagimos frequentemente com as famílias de cada um - todos eles sempre foram muito favoráveis ao nosso relacionamento. Durante nossas conversas sobre as diferenças entre famílias negras e famílias brancas, uma das coisas que eu sempre digo ao meu marido é que, na minha experiência, as famílias brancas, por vezes, tendem a querer evitar "o elefante na sala", preferindo esquivar-se dos temas desconfortáveis da conversa, enquanto as famílias negras tendem a chamar a atenção o máximo possível para o estranho tema, muitas vezes envolvendo luzes de Natal em torno desse elefante e a criação de grandes setas intermitentes apontando direito a ele! É uma generalização, claro, mas você entendeu o que quero dizer. O ponto é, às vezes as pessoas (de todas as raças) não sabem como lidar com os assuntos desconfortáveis, então em vez disso, "evitam o elefante na sala".

Bem, eu acho que todos podemos concordar que, quando se trata de Michael Jackson, há uma série de temas desconfortáveis que possam surgir. Mesmo em um blog que se concentra em sua arte. E Willa e eu não vamos evitar esses elefantes. Em vez disso, decidimos dançar com eles!

Willa: Joie, amo a sua descrição do elefante na sala! Adoro isso. Ele cria este filme em minha mente de um grupo de pessoas sentadas em uma sala com um elefante que ninguém convidou, e todos estão se sentindo desconfortáveis e estranhos e ninguém sabe o que fazer. Finalmente alguém anda até o elefante, congratula-se com ele, e o convida para dançar - e todos eles descobrem que ele não é tão assustador, afinal. De repente, essa situação desconfortável se torna muito mais confortável, e talvez até mesmo se transforma em uma festa. Adoro essa imagem de dançar com o elefante!

Também acho que é crucialmente importante reconhecer abertamente o elefante na sala ao tentar interpretar Michael Jackson desde que confrontando problemas difíceis, os preconceitos, especialmente racial, foi tão importante para seu trabalho - de hinos relativamente diretos, como "Black or White" para coisas mais complicadas como a mudança da cor de sua pele. Acho que você não pode compreendê-lo o que ele estava fazendo e quão incrivelmente importante é se você excluir a raça a partir da imagem, ou marginalizá-lo para o outro lado em algum lugar. Enfrentando preconceitos de uma forma ou de outra estava no coração de quase tudo que ele fez, tanto como um artista e como uma figura cultural.

Porque não estamos admitindo honestamente o elefante na sala, eu acho que nem mesmo nós temos consciência profunda das mudanças tectônicas que ele ajudou a trazer.
Eu sou branca e cresci no Sul, em um lugar muito racista.
No entanto, como uma adolescente, a minha definição do melhor em sensualidade foi Michael Jackson, um jovem negro.
Isso é muito surpreendente quando você pensa sobre isso. E houve milhões de garotas ao redor do mundo que se sentia da mesma maneira que eu. Há uma geração inteira de nós cujas ideias sobre raça e sexualidade - sobre o que é sexy e o que não é - foram moldados por ele. Isso é enorme. Ele era um ídolo adolescente, o nosso primeiro ídolo adolescente negro, e as implicações disso são profundamente poderosas, mas ninguém está realmente falando sobre isso, ou o que significa culturalmente.

Você sabe, toda vez que ele rasgou sua camisa no palco, como em Dirty Diana ou Come Together, e nos mostrou o seu peito escuro e quão bonito e sexy que era, ele era um desafio como América Branca, especialmente, "ler" o seu corpo. Mas fê-lo de uma forma muito interessante. Ele era lindo e sexy, mas ele sempre foi uma pessoa muito genuína - em parte, penso, porque ele teve a coragem de deixar-se vulnerável, e vamos ver esse lado dele também. Ele não era apenas um rapaz leve e gracioso. Ele era sexy, mas nunca se tornou precisamente um objeto sexual brilhante, porque sempre pudemos ver a humanidade nele. Olho para ele em Dirty Diana em cima do palco com seu peito e os ombros nus, e ele é tão sexy. Mal posso suportar isso, mas ele também parece tão vulnerável. Não sei se é para desfalecer ou fazer alguma sopa dele.

Joie: Desfalecer ou fazê-lo sopa! Eu amo o jeito que você coloca as coisas às vezes!

Willa: Bem, você sabe o que quero dizer! Você acabou de sentir o desejo de cuidar dele, às vezes, e eu acho que a vulnerabilidade foi realmente importante também. Isso foi durante a década de 1980, quando a violência das gangs, explodiam nos centros urbanos e a narrativa dominante da mídia era de que os jovens negros eram assustadores, estranhos e perigosos. Continuamos sendo informados de tal maneira - em reportagens, filmes e até mesmo comerciais - mas então há Michael Jackson, e ele estava quase sozinho empurrando contra essa narrativa dominante e oferecendo uma visão muito diferente. Ele era um jovem negro, porém era doce, divertido, inteligente, sensual e vulnerável. Ele nos deu uma imagem alternativa do que significa ser um jovem homem negro na América, e para mim, sua visão sempre me pareceu mais honesta e humana e acreditável do que o estereótipo assustador.

Joie: Bem, eu concordo totalmente com você. Ele nos deu uma imagem alternativa do que significa ser um jovem negro nos Estados Unidos e, até hoje, os americanos negros têm orgulho disso. E eu poderia sair em uma tangente totalmente diferente aqui, mas antes de eu fazer isso, por que não explicar o que o título significa para você?

Willa: Então, "Dançando com o elefante" me fala sobre arte e interpretação. Para mim, a interpretação não é sobre observar passivamente uma obra de arte, mas de envolver ativamente com ela, "dançar" com ela, abrindo-se a ele, e tornar-se emocionalmente investido nela.

Ele também me lembra de uma lenda que eu amo sobre seis homens cegos que tentam compreender e descrever um elefante. O primeiro aproxima-se do elefante e passa a tocar sua tromba. Ele sente a tromba do elefante, percebe o quão forte e flexível é e informa que um elefante é como uma cobra enorme - como uma python ou jibóia. O segundo homem cego avança os passos e toca uma das pernas do elefante. Ele sente tudo ao redor, observando a forma redonda e como é resistente, e diz, não, um elefante é mais como uma coluna ou pilar. O terceiro avança os passos e encontra a lateral do elefante. Ele abre suas mãos ao longo da extensão vasta da lateral do elefante e diz que eles estão errados: um elefante é como uma parede. Em seguida, passos avançam do quarto homem, acontece de pegar o rabo do elefante, e diz, não, um elefante é como uma corda. O quinto sente sua orelha agitando para frente e para trás e diz que um elefante é como um ventilador. O sexto sente sua presa e diz que um elefante é como uma lança.

Cada um dos homens cegos está fornecendo uma descrição exata do aspecto do elefante que passou a encontrar e experimentar por si mesmo, mas nenhum deles compreende o animal inteiro. Eles só percebem pedaços e peças. Somente compartilhando as suas experiências e combinando suas ideias é que eles vão ser capazes de desenvolver uma certa compreensão de um elefante e começar a apreciar plenamente que o animal realmente é magnífico.

Eu amo essa história dos seis cegos, e acho que é especialmente importante para comparar observações e compartilhar nossas percepções e experiências ao tentar entender algo tão complicado e subjetivo como uma obra de arte, especialmente com um artista tão experimental como Michael Jackson, que empurrou tantos limites e crenças e desafiou assim muitas ideias preconcebidas e crenças aceitas.

Por exemplo, Joie e eu, realmente íamos e voltávamos, e voltas e voltas sobre como interpretar a mudança de cor da pele de Michael Jackson. Ela não estava brincando quando falou sobre os nossos debates acalorados.
Vi isso como uma brilhante decisão artística que influenciou profundamente como América Branca, especialmente, experimenta as diferenças raciais. Joie via como uma dolorosa decisão emocional que ele lutou por anos. Minhas discussões com Joie, não alteraram fundamentalmente a minha interpretação, mas elas me influenciaram tremendamente. Suas ideias foram aprofundadas e o meu entendimento complicado deste aspecto de seu trabalho realmente tornou muito mais poderoso e significativo para mim, ajudando-me a compreender quão difícil esta decisão deve ter sido para ele, e como deve ter sido muito dolorosa por ser tão mal entendido.

Joie: Então, com este blog, Willa e eu esperamos ter algumas conversas realmente em profundidade sobre a arte de Michael Jackson e seu impacto cultural. Pretendemos que este seja um blog semanal, portanto, voltaremos na próxima semana e começaremos a conversa.

Fonte: dancingwiththeelephant.wordpress.com/
Texto traduzido: http://www.michael-iloveyoumore.blogspot.com.br/
..........

Ver perfil do usuário

17 Re: Michael para sempre! em Seg Abr 23, 2012 10:39 am



DEFINITIVO

Definitivo, como tudo o que é simples.
Nossa dor não advém das coisas vividas,
mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram.
Sofremos por quê? Porque automaticamente esquecemos
o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções
irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado
do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter
tido junto e não tivemos,por todos os shows e livros e silêncios que
gostaríamos de ter compartilhado,
e não compartilhamos.
Por todos os beijos cancelados, pela eternidade.
Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas
as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um
amigo, para nadar, para namorar.
Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os
momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas
angústias se ela estivesse interessada em nos compreender.
Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada.
Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está sendo
confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam,
todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar.
Por que sofremos tanto por amor?
O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma
pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez
companhia por um tempo razoável, um tempo feliz.
Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples como um
verso:
Se iludindo menos e vivendo mais!!!
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida
está no amor que não damos, nas forças que não usamos,
na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do
sofrimento,perdemos também a felicidade.
A dor é inevitável.
O sofrimento é opcional…
( Carlos Drummond de Andrade )

Ver perfil do usuário

18 Re: Michael para sempre! em Ter Abr 24, 2012 10:19 am



TRANÇAS E PERNAS DE RÃ - UM PREFÁCIO PARA UM LIVRO DE RECEITAS

Em 1993, Michael escreveu a introdução para um livro de receitas para famílias, publicado por Neiman Marcus, Tranças e Pernas de rã. O livro foi ilustrado por Chuck Jones, artista legendário dos desenhos animados da Warner Bros. Acima está o desenho de Jones 'de Michael.

Introdução.

Para uma criança, a alimentação é algo especial. Não é apenas um gosto delicioso ou as vitaminas que constroem um corpo saudável. Alimentação é amor e carinho, segurança e esperança - todas as coisas que uma família de alimentos pode proporcionar. Lembra quando você era pequeno e sua mãe fez uma torta para você? Quando ela cortou uma fatia e coloque-a em seu prato, ela estava lhe dando um pouco de si mesma, na forma de seu amor. Ela fez a sua fome desaparecer, e quando você estava saciado e satisfeito, parecia tudo certo. Porque esse sentimento de satisfação estava na torta, você foi nutrido de um nível profundo.
Alimentação é algo que todos precisamos fisicamente, porém assim é o amor, a mais profunda nutrição, que se transforma em quem somos. Pense o quão necessário é nutrir uma criança com um pouco de si mesmo, quando você usar este livro. Está cheio de coisas deliciosas. Cada receita tem um ingrediente extra de carinho, porque as pessoas que as escreveram, estavam pensando nas crianças.
Estavam pensando especialmente naquelas que não são capazes de obter a nutrição como o presumido, porque são pobres, doentes ou deficientes. Estas são as crianças que necessitam do alimento para curar.
O tema de “ Heal the World “ que tem estado junto ao meu coração, é o tema central deste livro, também.
Aqui estão as receitas para o espírito. Por favor, faça-as com isso em mente. Seu filho está florescendo o espírito que pode ser fortalecido com amor. Quando você quebra um ovo e mede um copo de farinha, você está magicamente misturando o dom da vida. As proteínas e minerais dos alimentos, vão se transformar em ossos e músculos, porém, seu sentimento enquanto você cozinha, transformará diretamente uma alma.
Faz-me feliz ao pensar que as necessidades dos espíritos das crianças estão finalmente tornando-se importantes neste mundo. As crianças não têm poder para acabar diretamente com as guerras ou consertar as antigas diferenças. Tudo o que elas podem fazer é serem elas mesmas, para brilhar com gratidão e alegria quando o amor é transformado em seu caminho. Entretanto, não é esse finalmente o maior poder?
Nos olhos de uma criança você torna-se a fonte de alegria, que o eleva à categoria especial de cuidador e provedor de vida. Você pode pensar que em sua torta de maçã tem somente o açúcar e especiarias. Uma criança é sábia - com o primeiro bocado, ela sabe que este prato especial é a essência do seu amor.

Divirta-se!
Michael Jackson, 1993

Fonte: http://www.michaeljackson-dianaross.com/discussion-michael-jackson/pigtails-and-frog-legs-foreword-for-cookbook-t10.html

Ver perfil do usuário

19 Re: Michael para sempre! em Sab Jun 02, 2012 5:17 pm



SIMPLESMENTE TE ESPERO, MICHAEL!!

Tal como espero o sol despontar a cada dia
Eu te espero
Pacientemente, te espero...
Humildemente, te espero...
Confiantemente, te espero...
Desafiando a lógica e a razão, te espero.

O mundo sem tua presença
Não tem cor,
Não tem calor,
Não tem brilho,
Não tem magia...
Por isso, te espero!

Tu és tão grande em mim que não importa quanto tempo passe...
Não importa quão distante estejas...
Não importa quão insana a busca,
Nem quão vã a esperança.

A despeito de tudo,
Eu te espero!
Ainda que louca pareça,
Eu te espero!
Mesmo que só por um fugidio sorriso,
Eu te espero!

Não me perguntes onde está a certeza,
Não me perguntes quem me disse que virias,
Não me perguntes nada...
Apenas te achegues, olha o céu e verás...
Escrito nas Estrelas!
(Conceição Vitor)
http://almaceltica.blogspot.com.br/
......

Lindo, profundo e tão verdadeiro.
Esperamos por Michael...Simplesmente, esperamos por ele.
Por mais que sintamos sua presença em nós, continuaremos esperando por ele.
...com a alma preenchida de fé.
...com o coração preenchido do mais puro amor.

Bjãooo amigos!
Com muito LOVE.

Michael...
I Love You More... L.O.V.E.
............

Ver perfil do usuário

20 Re: Michael para sempre! em Dom Jun 03, 2012 12:55 am

que lindo S2

Ver perfil do usuário

21 Re: Michael para sempre! em Sex Jun 15, 2012 5:16 pm

Lindo né amiga!! Wink



O QUE ADIANTA SÓ EU MUDAR, E O OUTRO?

Por: El Morya Luz da Consciência

Grandes mudanças estão para acontecer no Universo inteiro, ouvimos isso o tempo todo. Sabemos que não serão tempos de grandes confrontos para aqueles que têm a paz no coração e na mente, que acreditam nas mudanças porque sabem que esse é um processo cósmico, e que nada e ninguém pode ficar estagnado. Que não acreditam somente porque estão vendo e ouvindo as notícias, divulgadas pela mídia, sobre catástrofes e alterações climáticas, e, sim, porque sabem em seus corações, que a evolução do homem permitida pelo Criador, precisa ocorrer, independente da nossa vontade e aproveitam ao máximo as oportunidades oferecidas por Ele.

Isso nos remete à necessidade de tomar a única decisão esperada pelos Seres de Luz que estão no comando dessas mudanças: viver de modo novo, onde cada atitude diferente significa que aprendemos com os erros e avançamos corajosamente, sem perder a chance de subir mais alguns degraus na escada da vida.

Para viver o novo precisamos de atenção e movimento constantes, sem rotinas. Largar velhos hábitos que até então paralizavam nossas ações. Sermos perseverantes, pacientes, amorosos, e termos uma profunda compreensão da necessidade de viver de acordo com uma nova realidade e, não, somente conhecê-la no mental. Viver o novo só na teoria, na intenção, não adianta, isso exige movimento, ação e consciência clara de como realmente estamos agindo, pensando e sentindo. Quando se aprende algo novo, deve-se conhecer cada etapa, meditar constantemente para dar um passo, vigiar os pensamentos , enfim...mudar exige consciência! Podemos cometer muitos erros, e eles serão importantes tanto para o aprendizado, como para testar nossa vontade, persistência e confiança, porque a dúvida fará parte dessa experiência até que consigamos dominar essa arte. Nunca deixar que a preocupação por parecermos estranhos (as) tome conta de nosso ser, pois, as mudanças estão acontecendo até na estrutura celular do ser humano e é inevitável sentirmos alterações no físico e sensações diferentes no emocional. Só precisamos aceitar e acompanhar o fluxo do plano.

Falar de mudanças é fácil, permiti-las não. Enquanto ainda deixamos que velhos padrões de rigidez, inflexibilidade, preconceitos, apegos, e dificuldades de aceitação façam parte de nós, impregnamos nossa personalidade. Por que resistimos tanto às mudanças? Alguns de nós, passaram a vida ouvindo que "pau que nasce torto, morre torto"! Criamos uma crença muito cômoda para justificar aquilo que ainda nos traz vantagens. Na sociedade caótica alguns podem perder o poder sobre o outro ao mudar, e, esse outro, talvez perca a oportunidade de ser vítima, pois precisa do algoz. Também a competição constante entre os homens para ver quem brilha mais, acaba, com a mudança de paradigmas! E aqueles que continuam nos velhos moldes ficarão perdidos...com quem irei disputar? Mudar exige aceitar o outro como ele é, e, impede as pessoas de promoverem o novo em suas vidas, por vaidade, orgulho, dependência, comodismo, falta de consciência e compreensão clara. Ceder é o maior problema! Ouvimos ainda algumas pessoas dizerem: ah! Já estou velho demais pra isso! Cada um usa o argumento que tem, pra continuar como está. Alguns ainda questionam: o que adianta um só mudar, se o outro não se propõe a fazer o mesmo? Se numa parceria precisamos de dois ou mais, qual será a diferença no resultado? Se estivermos fazendo isso por nós mesmos, sem nos importarmos com o outro, faz toda a diferença. Vamos ao médico por nós ou pelo outro? Quando sentimos essa necessidade, não somos nós o doente? Se algo não vai bem e sentiu vontade de mudar, faça você o movimento. Ninguém toma consciência junto, cada um tem seu ritmo, seu processo, seu próprio tempo. Alguém tem que dar o 1º passo. Essa é a 1ª etapa: ter consciência, promover uma ação. Se o médico indicar um remédio que demora pra fazer efeito, desistimos, desanimamos? Aí, entra a persistência. Ainda pode acontecer de não dar certo na 1ª tentativa. Voltamos e pedimos para mudar o medicamento... isso é confiança. Precisamos considerar também que o médico pode errar, ele é humano, continuamos doente, ou procuramos outro? Claro, que o mais lógico é procurar alguém que atenda nossas necessidades... isso é fluir com a vida! Até que fiquemos curados.

Na vida seria diferente? A dinâmica é a mesma: vontade, persistência, confiança e fluidez. Se não der certo, nós mudamos, fizemos a nossa parte, e sem colocar expectativas no outro. O universo irá conspirar a nosso favor, tanto promovendo uma reação, uma atitude semelhante nos que estiverem à nossa volta, fazendo com que a lei de atração possa agir e assim passamos a atrair tudo aquilo que esteja em harmonia conosco.

Podemos usar para equilibrar esse momento a energia Branca do 4º Raio, da Harmonia através dos Conflitos, que nos faz perceber o campo de consciência no qual nos encontramos limitados, e essa limitação acontece com todos nós, quando atingimos determinado grau de consciência. Ela nos leva a tal estado de insatisfação, que adquirimos a coragem para romper as barreiras por nós mesmos construídas, impulsionando-nos a mudar de vida. E essas forças contrárias são necessárias, para que a alma realize suas experiências, pois, se não conhecermos a sombra, não conseguiremos identificar a luz. Adquirimos a estrutura e a coragem de mudar toda nossa vida de forma construtiva.

Fonte:somostodosum.ig.com.br/clube/artigos.asp?id=2064
http://michael-iloveyoumore.blogspot.com.br/

Ver perfil do usuário

22 Re: Michael para sempre! em Sab Jun 16, 2012 2:37 pm

Adoro seu trabalho Mairinha

Ver perfil do usuário

23 Re: Michael para sempre! em Seg Jul 02, 2012 7:20 pm

Obrigada amiga. Smile

Tb amo sua dedicação ao fofo. Smile







O DOMÍNIO DE MICHAEL JACKSON





Texto de Linda Higgins



É incrível para mim que não importa quantas vezes eu assista aos shows ou curtas-metragens de Michael Jackson, ele ainda assim é capaz de evocar em mim as mesmas respostas emocionais, embora eu saiba o que vai acontecer.



Quando os assisto sou levada para outro lugar no tempo assim como estou completamente concentrada ao ser entretida. Seu concerto "Live in Bucharest" é um dos meus favoritos absolutos. Ainda sinto a excitação erigindo em mim enquanto estou esperando por ele arremessar por debaixo do palco, o tempo todo desejando que eu tivesse tido a oportunidade de estar lá com a multidão cantando: "Michael, Michael, Michael!"



Quando ele executa "Black or White", estou ao certo lá com ele tocando longe na minha guitarra imaginária, bombeando minha cabeça para cima e para baixo ao ritmo, e ele nunca deixa de capturar meu coração quando ele canta "I Just Cant Stop Loving You ". Um sorriso instantâneo vem sobre o meu rosto e permanece lá até que ele me leva às lágrimas com "She’s Out Of My Life." Isso acontece toda vez.



Não é só a mim que ele consegue envolver tanto. Ele faz o mesmo com meus netos, que são 3 e 4 anos de idade. Eles amam seu curta-metragem "Thriller", eles o chamam "filme de monstro". Ambos permanecem na frente da televisão o mais próximo que eles conseguem, observando com a respiração suspensa, embora saibam que estão prestes a se assustarem quando Michael se transforma em um lobisomem e grita para eles "FUJAM!!" Então, quando todos os zumbis começam a dançar, seus pequenos corpos automaticamente começam a se mover para a direita junto com eles. É tão divertido assistir.



Conheço muitos fãs trabalhando para garantir que os jovens de hoje sejam introduzidos à música de Michael. Tal é o caso com Yvonne, ( Yakers123 ) um treinador de leitura elementar, e MJTP ponto de membro, que adora ensinar as crianças em sua escola sobre Michael. Em um e-mail para mim, ela disse: "Durante o último ano e meio tenho utilizado a inspiração de Michael para renovar meu foco em nossa escola. É muito emocionante assistir a garra desta geração mais jovem sobre a música, dança e mensagens de Michael, com tanto entusiasmo. Ouço seu nome mencionado pelo menos uma vez por dia ao caminhar pelos corredores e salas de aula que visito. "



Outro membro ponto chamada Linda ( jamgold5 ) também me deixou saber o quão importante é Michael para a sua família. Ela disse: "Tento ensinar aos meus filhos de todas as coisas certas na vida e nunca deixo de ensiná-los sobre Michael Jackson. Meu pequeno garoto Richard Michael, (de 7) adora cantar 'Thriller' e 'Ghost', enquanto minha filha, Alexandra, 11 (uma patinadora competitiva) acorda todas as manhãs às 5:00 com a música de Michael Jackson para patinar antes da escola. Ele é a sua inspiração para o trabalho duro e nunca desistir de seus sonhos. "



Quando se trata de inspiração, Michael é um excelente olhar porque ele sabia como fazer seus sonhos se tornarem realidade. Na verdade, ele é um exemplo perfeito do que alguém pode realizar quando eles acreditam no poder de seus sonhos. Ele alcançou um nível de mestria em entretenimento que outros poucos tenham atingido.



A principal diferença entre Michael Jackson e tantas outras pessoas é que ele parecia ver seus sonhos como uma responsabilidade, algo que ele deveria fazer para o bem maior da humanidade em nome de um poder superior, e sua visão artística como um dom a ser utilizado para este propósito. A maioria dos outros veem seus sonhos como algo destinado a fantasiar, mas irreal para prosseguir.



No filme This Is It , o produtor Paul Gongaware disse algo na seção chamada "Encenação o Retorno" que me fez parar e tomar nota. Ele disse: "[Michael] tinha essa visão artística em sua cabeça e ele apenas foi implacável para chegar a essa visão. " Fiquei fascinada por esse comentário. Esse é o tipo de insight que adoro ouvir sobre ele ... "implacável para se chegar a essa visão." O que faz alguém desenvolver esse tipo de dinamismo para manifestar uma visão, até o ponto onde ele não aceitaria um não como resposta?

Na cenas de bastidores de seu curta-metragem "Ghosts" há uma cena onde o diretor Stan Winston está tentando dizer a Michael que todos os cortes para o filme não podem ser usados. Ele lhe disse: "Neste momento não há nenhuma maneira de cortar tudo o que temos." Michael rapidamente respondeu com convicção: "Oh sim, há!" Stan apenas ficou ali e balançou sua cabeça, sorrindo. Ele sabia que Michael não poderia se contentar com qualquer coisa inferior.



Nessa mesma metragem, Travis Payne deu-nos uma visão do dinamismo de Michael para a perfeição, quando disse: "Ele não é facilmente satisfeito. Ele é muito exigente nisso, ele não nos permite resolver." Quem não desejaria trabalhar para alguém que exigiu o melhor de você, mas também o suportou, mantendo-o a esse padrão mais elevado também? Isso é um verdadeiro sinal de domínio.



Michael tinha um dom incrível de ser capaz de transformar seus sonhos em realidade, um dinamismo para ser o melhor absoluto e a capacidade de inspirar os outros a fazerem o mesmo, bem como um notável talento para o entretenimento em um nível que muitos outros se esforçam para imitar, mas nunca conseguiram alcançar.



No final das imagens dos bastidores de "Ghosts", ele falou sobre o que ele esperava que seus fãs alcançassem assistindo ao curta-metragem. "Espero que você desfrute. Espero que seja inspirador para muitas pessoas e espero que te assuste. Espero que te faça rir e espero que te faça chorar." É por isso que ele era um mestre em entreter as pessoas, porque ele era um gênio em saber exatamente como envolver os corações, mentes e emoções de seus fãs.



Ele disse uma vez: "A maior educação do mundo é observar os mestres no trabalho." Eu me pergunto se ele sabia que quando ele fez aquela afirmação de que ele iria acabar no topo dessa lista tácita.



Para os sonhadores do mundo ... este vídeo é para você! Deixe Michael ser o vento sob suas asas.







Fonte:http://www.michaeljacksontributeportrait.com/article.php?article_id=288

Tradução: Maíra

............



Michael nos envolve com uma magia única e esplêndida!!

Michael é um presente dos céus, isso é fato!!

Ver perfil do usuário

24 Re: Michael para sempre! em Dom Jul 08, 2012 7:12 pm



FIZ, APROVEI E CONCORDO, "OS BISCOITOS DE MICHAEL SÃO OS MELHORES DO MUNDO!!"

Meninas, vejam como ficaram os cookies de Michael que fiz.
Nunca mais vou comprar cookies, não mesmo. São práticos e saborosos!

Divinos!!

Realmente, o biscoito de Michael é o melhor biscoito do mundo!!!
Aprovado em textura, paladar, aroma e aparência...hummmm... BIS!!!

Minha cozinha inteira ficou com o cheirinho do fofo e ao som de Give in to me.

Melhor que isso, só mesmo ao vivo!!

Michael The Best!!

Seu biscoito The Best!!

Tudo The Best!



"Os amigos e convidados de Michael que estiveram em Neverland, sempre comentavam à respeito de um biscoito que comiam em suas visitas – eram os biscoitos de Michael – para muitos eles eram os melhores biscoitos do mundo.Eles ficaram tão famosos que Michael foi convidado a desvendar a sua receita para o livro “The Rock & Roll Cookbook”.

Dia sim dia não, essa receita estava no forno a ponto de deixar a casa e o próprio Michael com o cheiro desse biscoito, por que ele ficava em torno do fogão, aguardando ansioso, os biscoitos ficarem prontos."

Maple Pecan Butter Cookies
1 xícara de manteiga sem sal
2/3 de xícara de glicose de milho ( Karo )
1/3 de xícara de açúcar mascavo ( também pode ser branco )
1 colher de chá de essencia de baunilha
1 e meia xícaras de farinha de trigo normal
1/2 xícara de farinha de trigo integral
1/4 de colher de chá de bicarbonato de sódio
1/4 de colher de chá de sal
1 xícara de nozes ( tipo pecan ou européia ) picadas

Pré aqueça o forno à 350 graus ( alto ). Bata a manteiga, a baunilha e a glicose de milho até ficar homogeneo. À parte misture todos os outros ingredientes secos e depois junte à mintura da manteiga. Minture bem e junte as nozes. Forre uma forma tipo tabuleiro, com papel manteiga ( culinário ) e coloque a massa no papel utilizando uma colher de sobremesa. Asse por 10 ou 12 minutos. Espere esfriar, antes de tirar os biscoitos da forma.

Obs: Essas fotos foram tiradas deles, ok? Smile

Michael..
I love you more...
LOVE

http://michael-iloveyoumore.blogspot.com.br/
..........

Ver perfil do usuário

25 Re: Michael para sempre! em Ter Jul 17, 2012 6:41 pm




WE ARE HERE TO CHANGE THE WORLD

ESTAMOS AQUI PARA MUDAR O MUNDO

Estamos em uma missão
À luz eterna que brilha
Uma revelação
Da verdade em capítulos de nossas mentes

Tanto tempo, tempos ruins
Nós vamos sacudir e quebrá-lo
Estamos compartilhando uma luz mais brilhante que o sol
Olá, bons tempos
Estamos aqui para simular, eliminar
Um "reunir”, iluminar

(Estamos aqui para mudar o mundo)
Indo mudar o mundo, Hee
(Estamos aqui para mudar o mundo)
Indo mudar o mundo, Ooo

Então renda-se
Cause o poder profundo dentro da minha alma
Cante

(Estamos aqui para mudar o mundo)
Indo mudar o mundo, Cante
(Estamos aqui para mudar o mundo)
Hee, indo mudar o mundo, Ooo

(Estamos aqui para mudar o mundo)
Vamos mudar o mundo garota,
(Estamos aqui para mudar o mundo)
Meus irmãos meu irmão
Nós vamos mudar o mundo
(Estamos aqui para mudar o mundo)
Hee, do fundo do meu ser,
do fundo da minha alma Baby,
(Estamos aqui para mudar o mundo)
Hee, Nós vamos mudar o mundo,
........

Quem, em nossa época, se conscientizou, ousou e se empenhou tanto em mudar o mundo usando todos seus dons para esse objetivo, em escala mundial?
Quem usou sua genialidade e conseguiu o poder mundial para esses propósitos?
Quem veio tão preparado e completo assim?

Está aí, Michael!! Wink

Um gênio fenomenal!
Completo e único!!
Um homem com talento ímpar e espiritualidade elevadíssima.
Um exemplo a ser seguido.

Claro que muitas pessoas iluminadas e empenhadas, passaram, passam e passarão por aqui, que fizeram e fazem diferenças, mas nenhuma em nossa época, conseguiu dessa forma, com esse magnetismo, abraçar o mundo inteiro com tanta determinação para essa transformação tão necessária e urgente como Michael fez.

O mundo se surpreendeu ao enxergar o que estava nítido, evidente...
O talento e a genialidade desse artista fenomenal.

Irá se surpreender ainda mais, quando conseguir enxergar além...
Quando conseguir enxergar completamente esse homem.

Michael... I love you more...
LOVE



http://www.michael-iloveyoumore.blogspot.com.br/
...................

Ver perfil do usuário

26 Re: Michael para sempre! Hoje à(s) 12:52 am

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 2]

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum